26 agosto, 2013

Resenha: Cidades Rebeldes Por:Vitória Dias

Oiiiii leitoras e leitores!!!
Eu e a Bruna estávamos na aula de Sociologia quando o professor resolveu fazer uma indicação de livro que fala sobre as diversas manifestações que ocorreram no Brasil esse ano e esse livro é o Cidades Rebeldes:Passe Livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil.
 
(valor do livro: livro físico R$10,00 e ebook R$5,00)
Os protestos que abalaram o Brasil viraram pela primeira vez um livro de intervenção com um esforço intelectual para entender e analisar as causas e as consequências desse acontecimento marcante da democracia brasileira.
Mostra de varias perspectivas as manifestações,a questão urbana, a democracia e a mídia,entre outros temas.
O livro quer fazer as pessoas pensarem e refletirem sobre o movimento Passe Livre que tirou o Brasil de uma grande ilusão de um povo que concordava com tudo e não saia as ruas para mostrar seu descontamento com os acontecimentos no país.
O que fez o povo acordar foi o valor abusivo da tarifa de ônibus mas o povo não saiu as ruas somente por isso, o mal atendimento médico ou o atendimento nulo, a educação precária, a corrupção, as pec's absurdas e incoerentes, os castos com a copa do Mundo e até mesmo o preconceito foi pauta para o descontamento geral do povo na maioria das vezes jovens que acreditam que o Brasil pode melhor mas para isso acontecer não podemos continuar parados.
Diferentemente do que muitas pessoas diziam os protestos realmente resolveram alguma coisa, a presidente fez um comunicado para o Brasil todo sobre os pedidos do manifestantes,todas as cidades que aumentaram os preços das tarifas de ônibus foram abaixadas e a pec 37 caiu.
Muita coisa ainda precisa mudar mas os protestos foram uma prova de que se o povo brasileiro se unir podemos sim mudar o país.

Outra coisa que chamou muita atenção nos protestos foram os cartazes muito criativos que deram uma cara ainda mais jovem e divertida mesmo se tratando de algo tão sério.

O livro foi escrito por diversos escritores nacionais e internacionais que cederam gratuitamente seus textos,tradutores não cobram pela versão dos originais para o português,quadrinistas e fotógrafos abriram mão de  pagamentos por suas imagens o que possibilitou o preço do livro a ser vendido a preço de custo para que varias pessoas de diversas condições sociais conseguissem comprar o livro e estar por dentro de tudo que realmente aconteceu.

Escritores, fotógrafos e tradutores do livro:
Participam dessa coletânea autores nacionais e internacionais, como Slavoj Žižek, David Harvey, Mike Davis, Raquel Rolnik, Ermínia Maricato, Jorge Souto Maior, Mauro Iasi, Silvia Viana, Ruy Braga, Lincoln Secco, Leonardo Sakamoto, João Alexandre Peschanski, Carlos Vainer, Venício A. de Lima, Felipe Brito e Pedro Rocha de Oliveira. Paulo Arantes e Roberto Schwarz assinam os textos da quarta capa. O livro também conta com um ensaio fotográfico do coletivo Mídia NINJA e ilustrações sobre as manifestações de Laerte, Rafael Grampá, Rafael Coutinho, Fido Nesti, Bruno D’Angelo, João Montanaro e Pirikart, entre outros. 

Queria dizer que toda a equipe do Sweetland apoia e sempre apoiou todo o tipo de protesto/manifestação sem violência.
Muito obrigado por ler a resenha da semana e eu volto essa semana mesmo com uma novidade!!!
Beijooooos :*

Vitória Dias